BRCG

Decisão de política monetária – FOMC (mai/22): Ritmo mais forte, tom mais suave