BRCG

Decisão de política monetária – Comunicado do Copom (mai/22): De dedos cruzados